Voltar Especialidades

Neurologia

O que é

O que é

Neurologia é a ciência que estuda os distúrbios e patologias dos sistemas nervosos central (cérebro, medula espinhal e alguns nervos) e periférico (ramificações de nervos que se espalham por todo corpo humano).

Entre as patologias tratadas pela neurologia, destacam-se:

- Acidente Vascular Cerebral (Derrames);
- Cefaléias e Enxaquecas;
- Epilepsias (Convulsões);
- Neuropatias;
- Desordens da Memória e do Intelecto (Síndromes Demenciais, sendo a mais conhecida a doença de Alzheimer)

Com o avanço dos medicamentos e das pesquisas envolvendo o cérebro, a neurologia ganhou mais importância e já figura como uma área de ponta no tratamento e diagnóstico de importantes doenças.

Entre elas destaca-se a evolução no tratamento do Mal de Parkinson e do AVC. Novos conhecimentos e avançados medicamentos permitem retardar a progressão da enfermidade melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

No caso do AVC, por exemplo, o hospital já dispõe de medicação a para desobstrução do vaso afetado. São os trombolíticos que podem ser feitos de uma forma mais simples na veia (intravenosa) ou através de uma artéria por meio da angiografia (intra-arterial).

Sinais de alerta

A definição de sinais diretos que indiquem a necessidade de um tratamento neurológico é difícil, pois o cérebro controla todo o corpo e o problema pode estar relacionado a outros órgãos e sistemas.

Em casos de ocorrências neurológicas, os sinais mais comuns geralmente são:

- Dificuldade de engolir e para falar;
- Déficit de força, de visão e de linguagem;
- Formigamentos em uma ou várias partes do corpo;
- Tonturas;
- Dores de cabeça;
- Distúrbios da memória e esquecimentos;
- Anormalidades na visão (diplopia - visão dupla);
- Desmaios;
- PDores faciais (neuragia do trigêmeo;
- Sintomas suspeitos de meningite, como dor de cabeça, febre e rigidez de nuca; - Dores musculares sem nenhuma causa aparente.

Enxaquecas, paralisia facial e cefaléias em geral também indicam a necessidade de procurar um profissional de neurologia.

Na maioria dos casos de complicações neurológicas, são frequentes as alterações na consciência. Algumas manifestações dessa especialidade ocorrem subitamente e progridem para a deterioração das funções da área atingida.